Para Rabobank, Brasil produzirá 500 mil t a mais de carne bovina em 2018

Os primeiros sinais de reaquecimento da economia brasileira já estão aparecendo e, com isso, jogando otimismo na cadeia da carne bovina em 2018. A análise é do Rabobank, conceituada instituição de análises econômicas com presença global. Segundo o estudo divulgado pelo banco, o cenário é positivo tanto em termos de demanda interna de carne quanto para exportações.

A expectativa é cada brasileiro consumir 4 kg de carne bovina a mais nos próximos dois anos. Essa demanda é suficiente para absorver as esperadas 500 mil toneladas a mais a serem produzidas neste ano por conta do aumento do abate – especialmente de fêmeas.

Pelo lado das exportações, a análise do Rabobank também é positiva: em 2018, o Brasil deverá vender no exterior 1,83 milhão de toneladas de equivalente carcaça, com aumento de 4,8% sobre o ano passado (1,75 milhão t eq. carcaça).

Os frigoríficos brasileiros refletem essa expectativa de aumento dos abates e da produção de carne bovina. Entre o final de 2017 e início de 2018, várias unidades de abate foram inauguradas ou reabertas. JBS, Minerva, Marfrig, Frigol, Pantanal e Redentor estão entre as empresas que aumentaram a capacidade de produção, especialmente nas regiões Centro-Oeste e Norte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *